Páginas

segunda-feira, 9 de abril de 2007

QuebrA-CabeçA

“Minha força está na solidão.
Não tenho medo nem das chuvas tempestivas
nem das grandes ventanias soltas,
pois eu também sou o escuro da noite.”

[Clarice Lispector]

“Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.”

[Carlos Drummond de Andrade]
“Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar...”

[A. C. Jobim]
“O correr da vida
embrulha tudo,
a vida é assim:
esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois
desinquieta.”
[João Guimarães Rosa]
“A liberdade dolorida
havia cravado
unhas em sua carne
de jovem sem rumo.

E por mais que
ele tentasse,
era impossível
desviar-se dela,

porque a liberdade
sorria...
riso jocoso,
ironia própria
da originalidade...
doce...
venenosa.”

[Carla Dias]

Nenhum comentário:

Postar um comentário