Páginas

terça-feira, 7 de agosto de 2007

"The caterpillar"

Eu gosto da sua companhia.
Gosto das suas risadas e do seu sorriso.
Da sua carinha quando eu faço uma piada...
Gosto do cheiro do seu pescoço, da sua temperatura.
Acalma-me a idéia de te ter por perto.
Com seu jeitinho doce de me esperar dizer alguma coisa e de se conformar, rindo e balançando a cabeça, com o meu eterno silêncio...
Não quero ter que pensar. É tão bom fazer planos...
Não fala nada. Dê-me suas mãos, seus olhos e a sua boca...
Entender-nos-emos* muito bem, aposto.
.
.
.
*se não souber conjugar, seja criativo!
[depois eu confiro na Gramática]

Nenhum comentário:

Postar um comentário