Páginas

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Vagalume

Voando sem rumo
Eu sigo, fugindo
Pra longe, depressa
Piscando e sentindo

Tão alto e distante
Chorando em silêncio
No ritmo oscilante
Das luzes dessa noite

A dor me cega
Me leva, perdido
Vagalando sem luz
Em outro sentido

Quero seguir seu caminho
Cruzar o ar ao seu lado
Pra te ver passar,
Te acompanhar

E quando anoitecer
Eu vou voltar pro teu céu
Vagalar no seu olhar
Passear no seu luar

Te ter por perto
Te iluminar
Seguir seus passos
Pra te amar, amar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário