Páginas

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Mudanças

Às vezes, certas coisas sufocam-nos e precisamos cortá-las. É assim com as liberdades, as amizades, e, principalmente, a intimidade. Até com os cabelos isso acontece. Começa a dar muito trabalho, calor... e, entre acordar mais cedo para pentear e passar logo a máquina, a segunda opção parece sempre mais atraente.
Cabelo cresce!
Amizade cresce!
Tudo cresce.
O triste é esse crescimento, na maioria das vezes, dar-se de forma desordenada, incômoda e prejudicial (a qualquer dos lados).
Corte. Comece com pequenas coisas, e vá cortando. Podar não mata! Apenas direciona o crescimento!
Nada melhor que mudar. Pequenas mudanças podem representar mais que simples escolhas.
Comece novas fases sempre que algo, no atual contexto, lhe incomodar.
E até mesmo se tudo der errado, não tem problema: é só mudar de novo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário