Páginas

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Eu sem mim


Sempre fui de pensar só em mim.
Os outros que fossem felizes.
Cada um por si, e Deus por mim.
.
Era feliz, bastante.
Mas sozinho.
Não cabia mais ninguém no meu coração.
.
Quis ser diferente, baixei a guarda.
Por que não gostar de gente?
Ter as alegrias partilhadas.
.
Hoje penso mais nos outros.
Tenho muitos amigos, e sou querido por eles.
Mas o mundo não mudou para me acompanhar.
.
As pessoas continuam por si.
Sendo suas próprias prioridades.
E eu por todos. Mas quem por mim?

Nenhum comentário:

Postar um comentário