Páginas

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Estrofes.07

Quem acompanha esse blog, há um pouco mais de tempo, sabe que eu sempre tive muita resistência a comentários nos posts, e deve estar espantado com essa mudança tão repentina. Eu explico!
Continuo com essa resistência. Pensar na opinião das pessoas limita-me muito. É horrível precisar medir palavras por medo do que as pessoas possam dizer – e, sim, eu tenho todos esses medinhos bobos de gente tola -.
Escrevo para mim. Gosto de saber que alguns lêem, identificam-se ou acham uma porcaria, que seja. É bom saber que alguém perde cinco ou dez minutos lendo o que eu penso. Mas eu só permito que leiam. Divido isso com as pessoas apenas. Minha intenção não é levantar discussões. E comentários dão margem a esse tipo de coisa.
Aí, num belo dia, eu – fora de mim como estou – acordei e liberei os comentários. Ainda não entendi também, confesso. Mas é que eu tenho recebido tantos scraps, e-mails e outros recados sobre o blog, que achei ser esse o melhor momento para "experimentar". Pelo menos, por enquanto. Prefiro os comentários falados, é claro. Boas discussões exigem pessoas de carne e osso. Mas... ah! deixe o povo se manifestar!
O lado maravilhoso disso é que descobri que pessoas desconhecidas passeiam por aqui. Como, eu não sei! Esse blog não é divulgado, e eu não comento nem nos blogs de quem conheço, quem dirá nos outros (descobri uma leitora em Santo André – gente, alguém tem noção do que é isso?). Achei que me arrependeria – e pode ser que isso realmente aconteça -, mas, por enquanto, estou bastante satisfeito.
Preciso agradecer, é claro, a todos os comentários carinhosos que tenho recebido. Eu não sou muito bom para comentar não, e pode ser que não esteja conseguindo, nos seus respectivos blogs, manifestar toda a alegria que têm me dado. Obrigado, pessoas. Muito mesmo!
Ah! Os comentários, aqui, são moderados, mas foi sem querer. Não sei "desmoderar" e, por agora, acho melhor não aprender mesmo não. Essa "semi-censura/semi-liberdade combina demais comigo", como dizem certas más línguas por aí...
.
Como nem tudo dá certo sempre, eu não passei no período de experiência na escola de dança. Não estou "fora" ainda, mas fiquei de "recuperação". Ganhei uma nova chance de parecer "imprescindível". Fiquei feliz pelos meus amigos que passaram (sou bonzinho agora, lembram?), e tenho alguma esperança de passar também.
Vou tentar melhorar a minha pontualidade e ser menos tímido. Atrasos, no meu caso, são uma constante. Devo ter nascido de dez meses. Nunca chego no horário. Nunca mesmo! E acho que, por me manter, sempre, um pouco mais "quieto", eu posso estar parecendo "indiferente" ou sendo "dispensável" realmente. Bom que eu já sei, e posso fazer algo.
Descobri que piso - muito - mais torto do que imaginava, canso rápido, não tenho - a menor - coordenação motora, e minha coluna não agüenta nada realmente. Mas gosto de dançar! Mais do que achei que gostaria.
.
Por falar na escola, descobri um "night club" lá perto! Tem um desses nomes clichês em espanhol e o slogan é "um lugar para relaxar". Gente, em que século vivemos? Ainda existem "casas de tolerância"?

Não que isso seja importante - e não é mesmo! Mas certas coisas me impressionam...
Retrô pegando fogo mesmo!
.
Descobri que preciso mudar de emprego. Dormi dando aula sexta-feira!
Eu sempre disse que ensinar não é nada divertido, mas ainda não tinha dormido não. Estou até preocupado...
Era matemática, e a minha aluna estava distraída com uns exercícios trabalhosos lá. Tentei me concentrar no melhor sonífero que conheço, e que, na grade da Faculdade, consta como "Teoria da Constituição", e só acordei com o flash do celular!
Pois é! Existem registros do meu deslize.
Morro de vergonha.
.
Depois de dormir estudando em casa e na escola, é natural que eu não estivesse muito preparado na hora de fazer a prova de Teoria da Constituição, não?
Pois então! Era em dupla, e nem assim... Eu sabia, mais ou menos, por onde passava a resposta da primeira questão. Na segunda, colei partes da discussão da dupla de trás, que a minha dupla tentou acompanhar! Adoro gente baixa e sem vergonha.
A minha segurança era tamanha, que até assinei errado a lista de presença.
Mas caprichei tanto no texto, usei tantas palavras difíceis e enrolei tanto, que, se tirar mais de 80%, prometi que vou advogar!
Meu futuro profissional pode ser definido muito em breve então.
.
Escrevi, certa vez, um texto em dupla com uma amiga, que se tornou um de meus favoritos. Agora, com outras duas amigas, pretendo escrever mais dois: um sobre a indecisão e a dificuldade de fazer escolhas, que deve sair em breve; e outro sobre erros de português. O primeiro já está bem pensado e programado, falta só ir para o papel. Mas o segundo tem me distraído tanto. Primeiro, porque fui eu quem escolheu o tema; segundo, porque eu ainda nem avisei isso à tal amiga (que deve estar descobrindo isso agora); e, terceiro, porque eu já escolhi o título, e estou muito orgulhoso por isso. Não vou contar, é claro! Aguardem.
.
Por último, para não dizer que não falei das cores, as coisas estão cada vez melhores! Já passei do estágio de me preocupar e estou, agora, é deseperado mesmo!
Perdi o controle, o freio, a responsabilidade, o bom senso... e o medo, eu acho!
Gente apaixonada costuma ficar tão imbecil...
.
Antes que eu me esqueça, não devo postar nos próximos dias. Estou precisando de um texto de impacto, de que eu realmente goste. E isso pode demorar bastante! Preciso de um texto, de uma foto, preciso de um tanto mais de inspiração... pra não ficar falando somente de "amor".

Como já dizia quem entende bem, "ostra feliz não faz pérola"...

6 comentários:

  1. hello caio!

    fiquei feliz por sua visita....apesar d naum ter muito oq ler no meu blog

    t+

    ResponderExcluir
  2. Ai, você! Pra que você foi anunciar o texto que vamos escrever? Agora a pressaõ vai atrapalhar e aí que ele não sai nunca mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Se isso serve de consolo, Antes atrasado nesse mundo do que adiantado no outro, nao eh?

    ResponderExcluir
  4. como achei seu blog? nem eu sei... rs
    mas foi uma leitura no mínimo engraçada...
    te favoritei...
    outra hora leio seus outros posts...

    flw!

    ResponderExcluir
  5. "semicensura/semiliberdade"

    muito boa a percepção

    ^^

    ResponderExcluir