Páginas

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Primeiro amanhecer

Hoje, no primeiro dia de 2009, antes mesmo do sol nascer, cheguei em casa decidido a escrever sobre a coragem. Falar da importância e do quanto eu desejo e preciso possuí-la a partir de hoje. A coragem de assumir os erros, de pedir perdão por eles, de reconhecer sentimentos e os declarar. Poucos minutos após a meia-noite, eu recebi um telefonema que mudou definitivamente o curso dos meus dias. Meu futuro já não é mais como achei que seria. Tentei fugir, esquecer, superar. Mas, agora, mais do que nunca, eu me rendo e admito estar vencido.
Por mais que eu tenha medo e “preguiça”, por mais que eu esperasse algo mais simples e estável para a minha vida, por mais que eu me faça de durão e finja resistir, não adianta. Eu procuro você nas pessoas. Seus gostos, seus tiques, seus gestos. Por mais que eu as tente enxergar como outras, são sempre vazias naquilo que não têm de você. É você o que meus olhos querem. E, hoje, revestido de todo o simbolismo da data, aproveitando a desculpa do álcool, bêbado de boas vibrações e pensamentos positivos e ainda sob o efeito do telefonema, eu quero ter essa coragem!
Mas dias primeiros merecem poesias leves, textos românticos e que tragam esperança. Por isso, quero deixar duas músicas que ouvi ainda no ano passado, e que resumem, cada uma a seu modo, o muito que eu gostaria de dizer:

Já tentei esquecer
Fingir que vai mudar
Que, com o tempo, vai passar
Não consigo me enganar
Mas é sempre igual
Tenho medo de dizer
Mas é sempre igual
Tenho medo de dizer
Eu só penso em você
Eu só penso em você
Eu só penso em você
Eu só penso em você
Eu só penso em você...


(Luiza Possi)

_

Se perguntar o que é o amor pra mim
Não sei responder
Não sei explicar
Mas sei que o amor nasceu dentro de mim
Me fez renascer
Me fez despertar
Me disseram uma vez
Que o danado do amor
Pode ser fatal
Dor sem ter remédio pra curar
Me disseram também
Que o amor faz bem
E que vence o mal
E até hoje ninguém conseguiu definir
O que é o amor...

(Arlindo Cruz / Maurição / Fred Camacho)

Um comentário:

  1. Você tá MUITO apaixonado, Caio!

    E poxa, qual o nome da segunda música que você postou? Letra liinda.

    :*

    ResponderExcluir