Páginas

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Então,

Ontem, eu estava muito triste com um problema, mas meu semblante já é normalmente pesado, e isso parecia não estar muito claro. Era como se não estivesse sofrendo o suficiente. Pensando nisso, arrastei os pés até uma cadeira, com aquele ar fúnebre que me orgulho por saber fazer tão bem, sentei, abaixei a cabeça e... opa! A unha do meu dedão estava (muito) quebrada! Como eu quebrei tanto essa unha e nem percebi?
Levantei procurando um cortador, agora, a passos largos e ágeis, busquei um lugar iluminado, fiz, praticamente, uma cirurgia caseira sem anestesia nos pés e, só depois, lembrei que deveria estar triste. E fiquei triste de novo, é claro!

Aí, eu digo que tenho déficit de atenção, e as pessoas não acreditam!
Eu digo que sofro demais por coisas que não merecem sequer preocupação, e todo mundo vê como exagero.
Eu digo que me distraio com qualquer coisinha e sei ser feliz com muito pouco, e ninguém me leva a sério!

Mas, hoje, eu tenho uma prova disso. Reli uma conversa que tive, mais cedo, com uma amiga pelo MSN e, meu Deus!, se eu não fosse eu, certeza que não andaria comigo!

[13:49] Caiozito diz:
to tenso
[13:49] Caiozito diz:
odeio nao conhecer pessoas q me conhecem, sabe!?
[13:49] Caiozito diz:
sei la eu em q circunstancias esse povo me viu...
[13:49] Caiozito diz:
eu nao sou de confiança nao...
[13:50] Caiozito diz:
duas ou tres vezes por semana, pelo menos, eu vou pra faculdade IMPRATICAVEL!
[13:50] Caiozito diz:
descabelado, feio, com a cara amarrotada...
[13:50] Caiozito diz:
sem contar o meu comportamento hostil, ne?! sofro em pensar q as pessoas reparam em mim e eu nao reparo nelas!
[13:52] Caiozito diz:
circus a-ha
[13:52] Caiozito diz:
huahauahuahuahu

E “circus a-ha” é uma referência clara ao exato momento em que abandonei a – terrível – crise existencial que me acometeu entre 13:49h e 13:51h para assistir ao novo clipe da Britney que tinha acabado de carregar no Youtube...

Um comentário: