Páginas

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Raio-X


Tenho vinte anos, mas ainda não virei adulto. Tenho até uma cabeça boa para a maioria das coisas, mas ainda não me livrei dos sonhos bobos da infância. Daquela inocência, daquele romantismo, daquela esperança no futuro. Ainda não aprendi a me conformar, e isso é pré-requisito pro crescimento.
Não confio nas pessoas. Gosto – e muito – de várias delas, mas sempre espero o pior. Prefiro surpresas a decepções.
Não gosto de telefone. É a maior invenção da história da humanidade, sempre disse. Mas me incomoda um pouco falar com uma caixa. Uma vez, escondi meu celular e passei semanas sem contato com o mundo. Não lembro de ter sido tão feliz na vida.
Prefiro escrever a falar. Falo muito rápido, geralmente até mais do que penso. E quase sempre saem coisas desnecessárias. Nunca mentiras, mas já aprendi que ninguém perde nada por ficar calado. E verdades são sim castigadas.
Sou bastante carente. Estou aprendendo a ser um bom solteiro, mas é tão difícil. Há coisas que não têm graça quando se está sozinho. E eu tenho insistido só pra desenvolver minha independência. E descobri que não sei comprar nada sem uma segunda opinião. Não confio em mim.
Tenho alergia a quase tudo o que se move. Adoro viajar, meu ideal romântico é um fim de semana no campo, natureza, aventura. Mas é mudar um pouquinho o ar que meu nariz reclama. Sobrevivo sempre, é claro, mas, às vezes, é um pouco sofrido, não nego.
Sou meu melhor psicólogo, converso por horas e horas sozinho. E sou bom ouvinte também, me ouço, me leio, me entendo. Arrisco terapias ocupacionais às vezes, tenho mania de racionalizar momentos ruins e elaborar estratégias para melhorar. As recuperações que me proponho funcionam, e o segredo é a divisão em etapas. Tudo é mais gostoso e fácil quando nas corretas doses.
Meu grande sonho é ver meus pequenos desejos realizados. Não sei planejar a longo prazo, sou até bastante imediatista, gosto do presente, do agora. E meus objetivos são sempre palpáveis e breves. Ter um sonho de cada vez faz cada dia mais especial.
Minha maior frustração é não saber cantar. Já tentei dançar, atuar, tocar e cantar. E aquilo em que menos obtive êxito é exatamente, como não poderia deixar de ser, o que eu mais gostaria de dominar. Nada é mais bonito que alguém que canta.
Sou uma pessoa bastante prática. Acho importante discutir, planejar, mas as coisas só dão certo mesmo quando botamos a mão na massa. Não tenho muita paciência para discutir idéias, gosto de resultados. Sou bem impaciente e ansioso também. Rôo unha, perco o sono, tenho pesadelos, emagreço. Tenho uma dificuldade imensa em lidar com o Tempo. E pavor de esperar.
O que eu mais gosto de fazer é comer. Ou rir, não tenho certeza. Mas comer coisas gordas rindo com amigos especiais é como eu quero terminar a vida.
Não tenho muitos preconceitos, graças a Deus. E estou até disposto a não ter nenhum. Escuto de quase tudo, leio, como, converso. Nada me encanta mais que novidades.
Sonho com um amor pra vida toda, com direito a cachorro e casa cheia de crianças. Mas preciso de um espírito mais elevado que o meu. Não precisa me entender, jamais cobraria isso. Mas vai precisar se adaptar à minha inconstância. Sou um bom namorado, garanto. Dramático e instável como todo canceriano. Mas dedicado e carinhoso. Apesar de não ter muito jeito com as palavras e parecer um pouco grosso às vezes.
Se eu pudesse ser um animal, seria uma tartaruga, detesto ter pressa. Se pudesse ser uma planta, seria uma alface, pra viver menos que uma tartaruga, mas com a mesma calma. Agora, se eu pudesse ser qualquer coisa, provavelmente não seria nada. Não sei escolher...

2 comentários:

  1. "Arrisco terapias ocupacionais às vezes". Ai ai aiê..pq será q me sobe um frio pela espinha qdo alguém diz isso hein?! Tá explicado, vc deve ter algum inferno astral em Libra. :p *rs

    ResponderExcluir
  2. "Arrisco terapias ocupacionais às vezes". Ai ai aiê..pq será q me sobe um frio pela espinha qdo alguém diz isso hein?! Tá explicado, vc deve ter algum inferno astral em Libra. :p *rs

    ResponderExcluir