Páginas

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

1 2 3 respira. agora segura e mata!

Terça-feira, 29 de dezembro de 2009 – 21:50

Meu dia deveria ter sido bastante produtivo hoje, mas a internet não deixou. Eu deveria ter criado uma conta no banco e depositado meu primeiro pagamento (que veio em um papel estranho que eu tenho que descontar no banco – e estou enrolando desde o dia 20). Devia ter colocado o lixo todo da casa (acumulado em uma torre que parece um aterro sanitário no hall de entrada) na lixeira do condomínio e, ainda, devolvido pelo menos um dos dois carrinhos de compra estacionados aqui na sala. Mas quis dar uma olhada rápida no meu e-mail e tinha um sinal de vida da ingrata da Janaína, um relato completo da tragicomédia em que se encontra envolvida a minha família (escrito no melhor estilo Carolina de ser) e dois e-mails (que eu descobri depois que eram IGUAIS) do meu presente de natal!

Como não poderia deixar de ser, embora tenha acordado com horas e horas de antecedência, precisei arriscar minha vida correndo na neve e na beira da rodovia (atalho) pra chegar ao ponto a tempo. Eu sou ridículo.

Almocei rapidinho e cheguei mais cedo ao Ski Rental. O que não significa, é claro, que eu tenha chegado mais cedo para COMEÇAR A TRABALHAR MAIS CEDO! Não mesmo. Estava guardando minha mochila e contando meu dinheiro na santa paz do senhor quando o velho Steve surgiu ninguém sabe de onde. Que bom que você chegou, ele disse, teremos quase quatrocentos esquis pra descarregar hoje e você já pode começar. Juntei todo o meu inglês pra dizer comece você, não estou no meu horário, mas sou uma pessoa espiritualizada e apenas sorri, dei as costas e saí. Voltei alguns minutos depois e fui à loja conversar com meu supervisor e, mais uma vez, o velho Steve deu expressas ordens pra sumir da frente dele, porque meu lugar era com os esquis, não ali. Sorri mais uma vez e passei direto. Só que não sei até quando vai durar toda essa elevação espiritual, avisem a ele. Todo mundo aqui me dá ordens – até um brasileiro que acha que é meu chefe –, mas tudo tem um LIMITE, né? Ninguém é obrigado a ter BOM SENSO. Mas, uma vez que você não tem, ao menos tenha um RELÓGIO, por favor. Velho estúpido!

Meu horário seria do início da tarde até a noite com três americanos. Caleb é a encarnação masculina da ALEGRIA DE VIVER (a feminina é minha chefe Joanna), motivo suficiente para conquistar todo o meu mais sincero ódio; Brandon não fala nada, é um saco, e ainda rouba minhas gorjetas; e Jeremy, além de roubar minhas gorjetas também, tem a agradável mania de peidar perto de mim – e hoje não foi diferente. Aí, uma certa hora lá, precisaram de alguém lá fora, no Valley com dois brasileiros, e eu fui correndo. Não adiantou muito, já que, depois, eu precisei voltar pra dentro com o Brandon do mesmo jeito. Dessa vez, pelo menos, como o inventário daria muito mais trabalho que o normal, me ofereci correndo pra limpar e nunca fui tão feliz com um aspirador de pó nas mãos. Quando o Brandon percebeu – e eu acho mesmo que ele percebeu – que eu havia me beneficiado na divisão, começou a fazer corpo mole e eu respondi na mesma moeda. Nunca mais precisarão aspirar, tirei até a alma daquele carpete.

Dia s.u.p.e.r.e.m.o.c.i.o.n.a.n.t.e., não foi? Já cansei de brincar de esqui, qual é a próxima fase?

p.s.: vou precisar escrever menos ou revisar os posts com maior atenção, porque, nessa de escrever correndo pra usar internet ou sentado na neve e no frio, a Janaína já começou a criticar meu português.

p.s.2: preciso me espiritualizar aqui em casa também, ou vou matar alguém dormindo.

p.s.3: estão aparecendo hematomas estranhíssimos no meu corpo: nas mãos, nas costas e nos pneus. Será que vou morrer?

p.s.4: terei dois dias consecutivos de folga na semana que vem, na quinta e na sexta, e quero TANTO viajar. Só não sei se terei companhia. E não sei se será divertido sozinho...

p.s.5: a mera referência à Lady Gaga no meu último post rendeu um e-mail, um scrap e um depoimento no Orkut. Vou até escrever um texto inteiro sobre ela em breve. Bom pra quebrar esse climinha diário-de-viagem do blog.

p.s.6: pus um print do jornal naquele post velho contando sobre a publicação do meu texto. Não deixe de ver!

Um comentário:

  1. 1 – Que honra, ter meu nome mencionado duas vezes no mesmo post!
    2 – Por que eu sou ingrata?
    3 – Seu presente de Natal te enviou um e-mail? Como??? Também quero!
    4 – Não precisa revisar melhor os textos nem escrever com atenção, estou adorando como está, mas é que li no p.s.2 de um certo post algo mais ou menos assim: "Se a gramática descambar demais, minha gente, pode comentar descendo a ripa. Eu mereço.". Se eu tiver lido errado, me avise.

    Beijos.

    ResponderExcluir