Páginas

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Ideal

Olimpic Valley, Monday, January 18, 2010 – 20:21h

A tempestade apertou e precisaremos ficar no hotel. Eu sabia que isso poderia acontecer e trouxe até pijama. Mas não estou me divertindo tanto quanto achei que poderia. Primeiro, porque nem todos nós poderemos ficar e é horrível saber que terei teto e cama quentinha enquanto dois ou três precisarão se aventurar no caminho. Não há muitos ônibus disponíveis, dizem que a estrada fechou e o trajeto está sendo muito demorado. Preferia ir pra casa, confesso. Já dormi aqui, já vi como é, e não queria ter que ficar com essa preocupação. Além disso, conseguimos um quarto de casal para cinco garotos. Como serei o último a chegar (porque sou o único que ainda está trabalhando), provavelmente dormirei num colchão estendido em algum canto do chão cheio de coisas. Além disso, precisaremos esvaziar o quarto às 8, e seremos cinco para apenas um banheiro, com um chuveiro, um vaso e uma pia. Se alguém não pisar em mim, já estarei no lucro, eu acho.

Não bastasse, podemos usar o telefone para ligações locais, mas não podemos pedir comida. Nem pagando. O serviço de quarto simplesmente IGNORA nossa existência. E, como a cafeteria fechou às 19h e só reabrirá às 10h, terei longas horas de jejum pela frente. Eu poderia comer agora, com os meninos, já que eles estão jantando no restaurante mais legal daqui. Mas estou trabalhando, lembra? E eles não quiseram me esperar terminar o expediente. No começo, tudo bem, porque ainda pretendíamos ir embora e não poderíamos deixar o jantar para tão tarde. Mas, agora que ficaremos, eles bem poderiam ter me esperado... mas já tinham feito a reserva, e ninguém sugeriu que trocassem. Não seria eu a sugerir, né?! Tomara que eu não sinta fome. Porque não haverá NADA que eu possa comer e PONTO FINAL. Se bem que acho que a Deli abre cedo, e eu posso comer mais barato se a Ana estiver lá...

Pensei em fazer uma cobertura em tempo real da minha noite o hotel, mas não trouxe o laptop, e o da Roberta ficará com ela (em outro quarto). Pelo menos, atualizei o blog, o orkut e o e-mail hoje mais cedo.

Não sei se gosto da idéia de ficar aqui. E ainda podem me manter aqui por dias, porque o meu horário é sempre até tarde da noite. Trabalhar dias e dias com a mesma roupa, passar fome a noite e dormir no chão apertado com vários outros garotos não é exatamente o meu ideal de HOSPEDAGEM.

Mas, pensando bem, também não é esse o meu ideal de emprego, nem de salário, de nada... Vida sem ideal define.

Nenhum comentário:

Postar um comentário