Páginas

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Vai chegar o dia


Vai chegar o dia em que essas pequenas coisas não vão mais me incomodar.
Vai chegar o dia em que eu vou conseguir ver só o lado bom das pessoas. Ou, pelo menos, aprender a não me apegar tanto ao ruim.
Vai chegar o dia em que eu vou aprender, finalmente, a fazer apenas o que me cabe. E deixar que cada um exploda, bem longe, com suas obrigações, omissões e irresponsabilidades.
Vai chegar o dia em que eu vou revidar agressões com sorrisos. E seguir em frente.
Vai chegar o dia em que a minha felicidade vai contagiar vocês. Ah, vai...
Vai chegar esse dia. Um dia...
Por hoje, eu só tenho o amanhã.
E “ontens” tristes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário