Páginas

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

E ele, quem é?

Ele queria atenção com liberdade. Presença distante com ausências estratégicas e abraços intercalando saudades. É câncer, mas tem lua em capricórnio. Seu leão quer se sentir amado, querido, importante e insubstituível. Enquanto seu gêmeos busca outros ares, mares e azares.
Ele tem a atenção. O cuidado, quase idolatria. Um carinho nunca antes visto. Presentes, sorrisos, recados. Um amor de sonho bem no meio da realidade. Visitas ao trabalho e à faculdade, almoços, jantares, cafés e muita sobremesa. Só cobra o mesmo em troca, mas fica feliz com a metade ou menos. Vênus em câncer, quase uma condenação.
Ele tem a chave do outro mundo. Uma viagem completa pra bem longe daqui. Livros, filmes, idéias. Um mundo de cores novas e velhas... extravagantes até! Tudo isso aqui mesmo, onde nem parecia possível. A distância natural de gêmeos. A reserva. A frustração de todas as expectativas do caranguejo encantado e cheio de planos, doido pra experimentar. Um mundo de sonho por um amor frio e inconstante. Amor?
E a lua em capricórnio pede liberdade, Vênus em leão quer atenção, júpiter em gêmeos quer se encantar, câncer só quer segurança.
E ele, o que quer?

* Comprei um iTouch em 2009 e ele foi roubado em 2011. Comprei um iPhone agora, minha conta (sem querer) foi recuperada e encontrei isso no meu Bloco de Notas. A data é 19/05/2011 e, embora eu tenha gostado muito do que li (e esteja orgulhoso disso agora), eu não tenho a mais remota lembrança sobre isso. Claramente, foi pra alguém, mas eu nem mesmo sei quem. A quem quer que tenha sido, obrigado. Foi a raiva de você que escreveu essas palavras que hoje me encantaram...

Nenhum comentário:

Postar um comentário